Dicas do Kernel do Linux

A seguir vou descrever algumas dicas básicas sobre o Kernel do Linux, uteis apenas para iniciantes no sistema.

Kernel:
É o sistema minimo do Linux, sem nenhuma facilidade, entenda-se por isso com sendo apenas o software que serve para que o sistema funcione, a função dele é apenas controlar o hardware, sendo que isso serve para sistema Windows também.
No Linux o nome do arquivo do kernel geralmente utilizado é:
BzImage – Esse é o nome original do kernel quando compilado.
vmlinuz – e o nome padrão do kernel quando esta pronto para uso, esse geralmente fica localizado no diretório /boot

O Vmlinuz, possui um nome constituído de vários campos
Ex:
2.6.27.7-9-pae

2 – versão principal
6 – versão menor
27 – patch level {suporte a novos dispositivos}
7-9 – Extra-version (usado para personalizar uma versão do kernel)
pae – (características adicionais do kernel) – PAE – 4/8 GB de memoria
SMP – suporte a processadores de core múltiplos
bigmem – suporte a 64 GB de RAM

O arquivo initrd:
Na versão “2.6” do kernel, existe uma serie de drivers (módulos) que são necessários durante o boot, mas que são compilados no kernel(“biltin”). O initrd é responsável por carregar esses drivers.
Ex: o drive do filesystem “ext3”.

Error “UFS panic” – falta o initrd ou este foi compilado sem o driver para o filesystem usado.

Arquivo system.map : embora não essencial ao boot do sistema, o system.map é necessário para aplicações como o top e o ps . O system.map contem os “símbolos do kernel” ou os endereços das chamadas de sistemas (sub-rotinas) do kernel.

Arquivo config-versao: é o arquivo que contem os recursos e funcionalidades que foram compilados com o kernel. Quando recém compilado o kernel, esse arquivo é existente em
/usr/src/linux, com o nome de “.config”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *